categoria

Viagens
13 julho, 2018

Meus Looks na Turquia

Oi amores,

Quem me acompanha nas redes sociais sabe que estou viajando, e o destino do momento é: Turquia!

Passei por cidades como Istambul, Capadócia e Brodum…me apaixonei por cada canto e detalhe dessas cidades. Está sendo uma viagem super especial! Estou dando algumas dicas pelos stories do Instagram (@aletaniaoliveira) e mostrando um pouco sobre a beleza daqui.

Tenho recebido muitas mensagens sobre os looks que trouxe para curtir essa viagem. Fico muito feliz com as perguntas e elogios, mas para que possamos ficar ainda mais próximas, decidi trazer por aqui mais detalhes sobre as minhas produções.

Por aqui é verão, os dias são ensolarados e o clima é quente. Sabendo disso é que resolvi fazer uma mala com looks que unissem a leveza e o conforto que o calor pede, mas que não deixasse de lado o meu próprio estilo. Nessas situações eu adoro investir em roupas mais fresh e leves que não ocupem muito espaço na mala, por isso é que vestidos longos, saias midi e conjuntinhos de shape mais sequinhos ganham o meu coração.

Foi assim que pensei na minha mala de férias! Graças a Deus tenho parceiros maravilhoso que são super compatíveis com o meu estilo, então ficou mais fácil. Vem ver alguns dos looks que usei por aqui e se inspirar para montar seus looks em dias mais quentes…

Conjunto de calça e cropped com estampa geométrica em tons de azul e laranja que conversam perfeitamente. Escolhi essa produção para jantar e adorei o resultado, de quebra ainda combinou com o céu de Brodum, que continua claro mesmo as 22hr!

Conjunto: Karmani

Bolsa: Cult Gaia

Sandália: Valentino

Para outro jantar também em Bodrum, escolhi esse vestido longo metalizado. Super leve, confortável e fresquinho ele valoriza demais a silhueta.

Vestido: Doce de Coco

Esse vestido tem todo o meu amor! Tomara que caia, comprimento midi e todo o trabalho da trama e dos botões que tornam a produção super charmosa. Achei que combinou muito com o clima, cenário, destino e até com o chapéu, rs. Me achei super na vibe européia.

Vestido: Iorane

Essa é a jardineira mais linda que vocês vão ver nos últimos tempos. Eu adorei a união do conforto com o estilo do oversized, pantacourt e sobreposições. Nos dias de calor dá para usar assim, com blusinhas básicas e sapatos confortáveis, mas já imagino um look invernal com camisa mais trabalhadas e uma bota ou salto. Super coringa, apesar de também possuir um quê fashionista.

Jardineira: Karmani

Vocês sabem o quanto sou apegada em peças de crochet, né? Me lembra minha infância quando minha mãe fazia a mão diversas roupas em crochet para mim <3. Esse tipo de peça envolve todo um cuidado, qualidade e carinho. Esse conjunto de saia longa + cropped ombro a ombro também caiu na graça de vocês!

Conjunto: Giovana Dias

Mais um vestido longo que vocês amaram (e eu também), esse mix de cores é super glam e o comprimento plisado traz ainda mais estilo à produção.

Vestido: Doce de Coco

E então, qual foi o look preferido de vocês? Sou suspeita para dizer, rs…

Beijos da Alê

 

G.Plus - Facebook -
11 julho, 2018

5 destinos pelo Brasil para aproveitar as Férias de Julho

Julho é um mês de férias para muita gente, e nada melhor do que aproveitar os dias off para fazer uma viagem, seja a passeio, descanso, romance ou diversão. Mas, sei que decidir o destino da viagem pode não ser uma tarefa fácil..muita coisa conta no momento da decisão: clima, distância e dinheiro, por exemplo.

Pensando nessa época específica do ano e em toda a diversidade de clima, cultura e experiências que temos em nosso país, percebi que para dar dicas de viagens nem é preciso explorar muito “mundo à fora”, e para quem não tem condições de fazer uma viagem mais longa, nada como dicas pertinho de nós, não é mesmo?

Selecionei alguns destinos no Brasil que sem duvidas são incríveis para essa época do ano. Vem ver:

Brotas (SP):

Esse é um bom destino para quem busca por movimento e diversão! A cidade do interior de São Paulo é justamente conhecida pelo seu ecoturismo repleto de aventura, como rafting, canoismo, tirolesa, rapel, arvorismo, etc. Os parque ecológicos são lindos e a cidade também possui todo um charme a parte com pousadas super agradáveis e uma gastronomia ímpar e super farta. Nessa época do ano o clima é seco por isso dificilmente chove, as temperaturas variam de 17 a 25 graus então é possível aproveitar tanto o dia quanto a noite.

Penedo (RJ)

Penedo fica localizada no município de Itatiaia, no Sul do Rio de Janeiro. Conhecida como pequena Finlândia, a cidade possui uma famosa casa do Papai Noel (perfeito para levar crianças) e as casinhas e arquitetura da região lembram o estilo finlandês super charmoso. Para quem gosta do clima mais aventureiro também existem ecovilas e resorts pela região com programações que incluem caminhas, quadriciclo, passeio a cavalo, cachoeiras etc. Também é um bom local para casais, há chalés e hotéis de clima super romântico além de restaurantes deliciosos com culinárias variadas que vão desde fondue à chocolaterias. Além de tudo isso, várias outras cidadezinhas charmosas do Rio ficam próxima a Penedo e da para estender a viagem em outros destinos como Resende e Visconde de Mauá.

Serra Gaúcha

Para quem curte o clima frio, sem dúvidas a Serra Gaucha é um dos melhores destinos de inverno pelo Brasil. Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul e Bento Gonçalves (Vale dos Vinhedos!) são algumas das cidades que fazem parte da região da Serra Gaucha e que podem ser visitadas de carro com um roteiro que vá passando por todas elas. Essa é uma região super charmosa que vale viajar tanto em casal quanto em família. Em Gramado mesmo existem diversas opções para crianças, como a Snowland, Mini Mundo, Lago Negro e Reino dos Chocolates. A diversão para os adultos está mesmo em Bento Gonçalves, região com diversas vinícolas para explorar e se surpreender. Fora os passeios incríveis por toda a região, as cidades além de lindas fazem o estilo bon vivant com muitos restaurantes, hotéis, bares e bistrots encantadores! Vale comer um fondue delicioso e se aventurar nas casas de chocolate.

Lençóis Maranhenses

Se você quer fugir do friozinho de inverno do Sul do Brasil mas não quer sair do país para aproveitar as férias de Julho, os Lençóis Maranhenses é o destino certo! A época do ano mais recomendada para visitar esse destino é justamente entre junho e agosto pois é nesse período que as lagos estão cheias e o tempo continua ameno com um sol encantador durante todo o dia. Por lá, o esquema é fazer os passeios para conhecer os Lagos, seja de lancha, quadriciclo ou jatinho e então pode aproveitar os momentos nas dunas com um pôr do sol supreendente! Vale parar no percurso nas comunidades de Atins e Mandacaru.

Amazônia

Que tal aproveitar as férias para conhecer uma das regiões mais ricas do país? Julho é um mês ideal para aproveitar as praias fluviais nessa região. Por lá, o bacana é fazer passeios de barco, se hospedar em hotéis na “selva”, visitar os Parque Nacionais, Ecoresorts, Grutas, Cachoeiras, nadar com os botos e pecar (para quem curte!). Eu estive lá nesse ano e adorei a experiência, foi uma das viagens mais incríveis, interessantes e transformadoras da minha vida. Vale a pena! Para obter mais dicas e saber detalhes sobre meus roteiro, é só clicar aqui! Ah, e vale a pena a visita em Manaus caso se planeje para ir pra Amazonia.

 

Bom amores, essas foram algumas diquinhas de destinos encantadores e diferenciados! Quero que vocês me contem suas dicas pelo Brasil e se já escolheu onde vai aproveitar suas férias, vamos compartilhar experiências.

Beijos da Alê.

 

 

G.Plus - Facebook -
30 maio, 2018

Dicas de Viagem: O que fazer em Buenos Aires?

Feriado chegando e o assunto escolhido para inspirar nosso day off é: Viagem!

Quem me acompanha nas redes sociais sabe que acabei de voltar de alguns dias em Buenos Aires, na Argentina. Eu adoro essa cidade e ainda pretendo voltar muitas e muitas vezes.

Para inspirar vocês a também conhecer esse local que está tão pertinho de nós (ou quem sabe voltar) trouxe algumas dicas essenciais sobre o que fazer pela capital. Vem ver!

Calle Florida

A Calle Florida é uma das ruas mais famosas e tradicionais de Buenos Aires. Ela fica localizada no centro da cidade e por isso é um dos melhores locais para apreciar a arquitetura antiga em meio a prédios e monumentos clássicos e bem conservados. Ir bater perna por lá exige tempo e disposição, afinal a rua é extensa e repleta de lojas, café e até vendedores ambulantes e pocket shows de Tango pela rua.

Durante o trajeto pela Calle Florida, recomendo parar no shopping Galerias Pacifico, que concentra diversas lojas bacanas e é bem bonito. Esse passeio é mais indicado para quem está indo conhecer a cidade pela primeira vez, pois exige tempo e paciência de andar no centro em meio a multidão. Porém, é uma opção tanto para o dia quanto para a noite, já que mesmo ao anoitecer as ruas continuam movimentadas e as lojas fecham bem tarde. O caminho para a Calle Florida também permite observar e até parar em outros pontos importantes da cidade, como a Casa Rosada, Plaza de Mayo, Café Tortoni, Obelisco eTeatro Colón.

Caminito

Visitar o Caminito é aquele típico passeio que não importa quantas vezes você já foi à Buenos Aires, você vai querer voltar nesse local. As casas coloridas que ali estão são referência por todo o país e cenário dos principais cartões postais. Lá, além de ser um ponto artístico onde concentra-se galerias de artes e artísticas de rua expondo pinturas, artesanatos e até shows de tango no meio da rua, é também uma referências em restaurantes com comida típica argentina, lojas de souvenirs e cafés, bares e docerias com doces tradicionais argentinos. Vale a pena ir de manhã, tirar belas fotos e almoçar por ali.

Há 5 minutos do Caminito está o Estádio Bombonera, vale a pausa para uma visita e depois recomendo seguir pelas ruas da região. Esse é o bairro La Boca, super charmoso!

San Telmo

San Telmo é um bairro em Buenos Aires que vale a pena conhecer! A região é boêmia. Lá você encontra antiquários e cafés tradicionais, mas também é uma região onde concentram-se muitos bares e restaurantes agitados, recomendo o tradicional Café de la Poesia, que representa bem a vida noturna de Buenos Aires. Se você for conhecer o bairro a tarde ou no final da tarde, vale a parada na Plaza Dorrego, onde concentram-se restaurantes e cafés ao ar livre…dá pra pedir um drink e ficar apreciando shows de tango que acontecem por ali.

Recoleta 

Outro bairro especial na cidade é o Recoleta. A região tem um certo ar europeu com comércios e residências sofisticadas e charmosas. Eu fiquei hospedada nessa região e adoro toda a dinâmica que acontece por ali. É um bairro completo, com ruas que englobam lojas de grife e também lojas mais simples e tradicionais da Argentina. Ótimos bares e restaurantes concentram-se nessa região, os mais turísticos são o Hard Rock, Grand Bar Dazon e Portezuelo. Os hotéis também são de boa qualidade.

Alguns pontos mais turísticos do bairro são: Floralis Genérica (imagem acima), escultura gigante de aço e alumínio em formato de flor, é uma obra do famoso arquiteto Eduardo Catalano e engloba um sistema hidraulico que fecha suas pétalas no pôr do sol e abre novamente as 8 da manhã. A Plaza Francia é uma praça conhecida por sua feira livre de artesanato e comidas e bebidas regionais. Até o cemitério do bairro é famoso e se tornou ponto turístico! Rs.

Puerto Madero

Para quem curte um cenário mais moderno, o bairro de Puerto Madero é o lugar ideal! É um bairro da cidade localizado em uma área portuária que foi toda revitalizada na década de 90 e caiu no gosto tanto dos moradores quanto dos turistas. O longo calçadão às margens do Porto proporciona uma vista linda!

Não demorou muito pra região, juntamento com Palermo Soho, se transformar em um dos principais polos gastronômicos da capital. Mas além dos bons restaurantes, alguns pontos indispensáveis por ali são: Ponte de La Mujer (homenagem às mulheres e representação de um homem e uma mulher dançando Tango), Fragata Samiento (embarcação âncorada no Dique 3), Reserva Ecológica e Cassino Buenos Aires.

 

Minhas dicas extras incluem restaurantes e hotéis que vale a pena conhecer:

Alvear Palace Hotel

Dessa vez eu me hospedei no Alvear Palace Hotel, em Recoleta. Ele é um clássico de Buenos Aires e possui toda uma atmosfera charmosa e sofisticada. Mesmo se não optar por se hospedar nesse hotel, recomendam que desfrutem do Chá da Tarde oferecido à todo o público (não só aos hospedes), é delicioso e super especial.

Meu café da manhã com clima de jardim! Adorei ter esse visual toda a manhã por alguns dias!

Faena Hotel

O Faena Hotel está localizado em Puerto Madero e também não precisa ser hospede para poder conhecê-lo. A visita vale muito a pena para os apaixonados por arquitetura e design. Os ambientes são luxuosos e exuberante.

Recomendo que reservem um jantar para comer em um dos restaurantes localizados no Faena. Nunca decepciona! O ambiente é incrível e a comida mais ainda.

El Burladero

Restaurante de culinária espanhola que é simplesmente divino! Fica em Recoleta e vale a visita com muita fome para poder aproveitar o máximo dos pratos que eles oferecem.

Comi essa maravilhosa Paella Negra e ainda experimentei as tortilhas espanholas, que foram as melhores que já comi na vida!

El Sanjuanino

Que provar as tradicionais empanadas argentinas? O El Sanjuanino é para obrigatória! Fica localizado em Recoleta e já ganhou diversos prêmios por vender a melhor empanada de Buenos Aires. Não importa se sua fome é de doce ou de salgado, as empanadas estão disponíveis em várias versões e realmente ganha os corações (e o paladar) de quem experimenta.

Madero Tango

Não tem como ir à Buenos Aires e não apreciar um clássico show de Tango. O Madero Tango fica localizado em Puerto Madero e é um dos lugares mais incríveis para viver a experiência de assistir a um show completo desse estilo musical, pois o local combina a música com uma bela vista (para o Porto!) e com uma comida excelente. Você pode escolher diferentes pacotes (Premium, VIP, executivo e platéia) e aproveitar esse momento de acordo com sua preferência tanto de gosto como de bolso. Os shows são lindos e muito bem elaborados!

E então amores, gostaram das dicas?

Beijos da Alê e Bom Feriado para todas vocês! <3

G.Plus - Facebook -
3 maio, 2018

Dicas de Viagem: Restaurantes em Miami

Oi meus amores,

Como muitas de vocês já devem saber, cheguei esses dias de mais uma viagem, dessa vez o destino foi Miami! Eu adoro a cidade, a praia, o clima mais badalado… e a cada vez que eu vou descubro novos hot spots por lá (sem abrir mão de alguns que faço questão de ir toda vez).

Pra facilitar minhas leitoras que moram em Miami ou aquelas com planos de curto ou até mesmo longo prazo de visitar a cidade, deixo aqui algumas dicas preciosas de lugares para comer, beber e se divertir por lá:

Bâoli

O Bâoli é um clássico de Miami! É a parada ideal se você busca por agito, afinal, ali você vai encontrar restaurante, bar e balada. Tente chegar cedo para aproveitar o clima mais intimista de jantar e pedir bons pratos (a comida é delíciosa!) e então vá estendendo a noite pedindo alguns drinks da casa e curtindo o som que, conforme vai ficando mais tarde ele vai aumentado e de repente você está praticamente em uma balada, rs.

Se você quer aproveitar mais o local para conversar e ficar na presença de amigos, opte por uma mesa na área externa, mas se você quer badalar, peça uma mesa na área interna e depois você poderá até subir nela para dançar!

Villa Azur

Assim como o Bâoli, o Villa Azur também é um local super convidativo para aproveitar o melhor da noite em Miami. A diferença está mais na arquitetura que é mais clássica e no cardápio gourmet com opções mediterrâneas. Lá você pode ficar madrugada a dentro e ainda curtir o som e o badalo dos melhores DJ´s.

Jaya The Setai

O The Setai é um dos melhores hotéis de Miami. Fica localizado bem no centro de Miami Design District, distrito histórico e super artístico em South Beach. Não atoa, o hotel também é uma super inspiração artística com um design super moderno e incrível. Mas, a melhor parte com certeza é o restaurante asiático Jaya dentro do hotel. Se quer viver uma experiência gastronômica maravilhosa e diferenciada em Miami, vá se deliciar com a culinária do Jaya, prometo que não irá se arrepender!

Le Sirenuse

O Le Sirenuse é outro restaurante localizado dentro de um super hotel de Miami, o Four Seasons. Já dá pra imaginar o nível do ambiente e da comida, né? Rs. O menu tem uma proposta mediterrânea, mas justamente pelo chef ser um renomado chef italiano, recomendo que provem qualquer massa do cardápio. Uma delícia! O local é super aconchegante, bonito e está super em alta na cidade. Vale a visita!

Seaspice

Sem dúvidas outro ponto queridinho e mega badalado em Miami é o Seaspice. Nem pense em arriscar uma mesa sem antes reservar, lá é bastante concorrido! Ele fica as margens do Miami River, portanto é maravilhoso para alugar barco e estacionar ali “na porta” do restaurante e poder curtir de tudo um pouco. Nós fomos de barco e foi um passeio delicioso. O ambiente é charmoso, a comida é maravilhosa e é uma opção sem erros tanto para almoço quanto para o jantar.

Shake Shack

Última dica gastronômica eu confesso que é bem clichê, mas eu não poderia deixar de citar, rs. O Shake Shack, para mim, é uma das melhores hamburguerias do mundo..sempre que vou aos EUA e tenho oportunidade eu aproveito as delícia dessa lanchonete queridinha!

Espero que tenham gostado das dicas.

Beijos da Alê.

G.Plus - Facebook -
4 abril, 2018

Dicas de Viagem: Minhas experiências em Courchevel

Oi amores,

Na semana passada voltei de uma viagem super encantadora, o destino da vez foi diferenciado: os Alpes Franceses, mais especificamente Courchevel, conhecida como a maior e mais luxuosa estação de ski do mundo.

Courchevel fica quase na fronteira da França com a Suiça, por isso para chegar lá você pode fazer diferentes caminhos pelos dois países. O lugar é um sonho para os amantes de ski, mas mesmo quem não é fã do esporte também costuma se apaixonar por esse destino. A estação é dividida em 5 altitudes, que configuram as pistas de ski para iniciantes, intermediários ou avançados.

Lá tudo é uma bela paisagem e quanto mais você sobe as montanhas mais mágica parece que a cidade vai se tornando. Eu e meu marido escolhemos nos hospedar no maravilhoso Le K2, localizado na pista de Cospillot, a mais alta do Vale, conhecida como Courchevel 1850. A área, também chamada de “Village Palace”, concentra hotéis e chalés renomados e um vilarejo com lojas de grandes marcas internacionais, além de poder se apreciar dali as vistas mais espetaculares.

O Le K2 é minha dica número 1 em Corchevel. A experiência de se hospedagem em um hotel considerado “6 estrelas” supera as expectativas e realmente cumpre tudo que promete. A começar pela arquitetura e design super aconchegantes e requintados. São apenas 29 acomodações em um ambiente repleto de comodidade e bem estar.

Toda uma atmosfera onde você realmente consegue viver a experiência de estar em meio a montanhas, conhecendo os alpes franceses e envolto por muita neve e um cenário que parece até cenográfico.

Lá também existe um espaço para comprar e alugar equipamentos de ski. Todo conforto e disponibilidade para aproveitar o melhor do destino são oferecidos logo dentro do hotel.

Para quem curte esquiar, as pistas são de ótima qualidade e uma extensão de  instrutores se espalham por todo o resort oferecendo diferentes experiências e possibilidades. Você pode percorrer todo o local através de lifts e teleféricos que caminham pelas estações.

E não dá pra negar que também Courchevel é um verdadeiro paraíso da boa gastronomia e boas compras. Restaurantes premiadíssimos e lojas de luxo se concentram ali.

Falando em gastronomia, vocês sabem que se há algum prazer nessa vida que eu adoro investir meu tempo e dinheiro é com bons restaurantes e boa comida, rs. Sou super adepta a viver diferentes experiências gastronômicas principalmente durante minhas viagens.

E como vocês sempre me pedem dica de o que conhecer e onde comer, vou compartilhar os restaurantes que frequentei com Courchevel e comentar um pouco sobre eles. Anotem as dicas!

Le Montgomerie

O Le Montgomerie é um dos restaurantes que ficam dentro do Hotel Le K2. É super exclusivo e intimista com pouquíssimas mesas e só abre para o jantar, por isso exige reserva com bastante antecedência. Ali se vive uma verdadeira experiência gastrônomica. As duas estrelas Michelin não negam um menu super gourmet e original.

O clima é super aconchegante com uma linda vista para as pistas e montanhas. O menu de drinks e comidas é inusitado e o esquema é como uma degustação de ingredientes diferenciados e super de qualidade. Tudo estava incrível!

Esse foi um dos pratos que provamos. Além de tudo a apresentação também é maravilhosa.

Le Base Kamp

Ainda parte do Le K2, nós também experimentamos o serviço do Le Base Kamp, restaurante mais descontraído com ambiente aberto e em meio as pistas de ski. Foi a melhor opção para uma parada rápida, prática e de quebra saborosa durante nossas aventuras de esquiagem, rs.

Comi um peixinho leve e super delicioso. Vale a parada, sim!

Le Chabichou

o Le Chabichou é um outro hotel bastante tradicional de Courchevel, mas o seu restaurante, que carrega o mesmo nome do hotel é outro local bastante disputado por lá. Também possui 2 estrelas Michelin e por isso exige reserva. O ambiente é luxuoso e encantador e a comida não teria como ser diferente, é divina!

La Fromagerie

IMPERDÍVEL! O La Fromagerie é um restaurante mais rústico com menu que inclui opções de fondues e racletes. Peçam o fondue de queijo com trufas, foi simplesmente o melhor que já comi na minha vida, rs.

Le Nammos

Quer agito e praticidade ao mesmo tempo? Le Nammos é o lugar! O restaurante já é famoso na Grécia, e não da pra negar que também é hit em Courchevel. Ele está localizado em meio as pistas, por isso é uma ótima opção de parada entre uma jornada de ski e outra sem ter que ir até o centrinho da cidade. Foi uma das melhores vibes que senti por lá! Além de um menu delicioso de comidinhas e drinks, fica rolando música boa em um som alto, o pessoal se empolga e até sobem nas mesas para dançar e curtir.

É uma opção maravilhosa de happy hour no fim da tarde com muita badalação e gente bonita em meio a neve e a um cenário tão surreal. Parada obrigatória!

Le 1947

E por último, uma das experiências mais surreais que já vivi no mundo gastronômico, rs. A começar que o Le 1947 é o restaurante do top hotel Cheval Blanc, que faz parte do grupo LVMH e possui outras unidades – apenas – em Maldivas e St Barths. Esse é mais um restaurante conhecido por sua premiação de estrelas Michelin e por isso também é super exclusivo. Comporta apenas 22 clientes que ali vivem um modelo de menu degustação que nunca vi nada parecido. A cada prato que chega até a mesa é uma surpresa nova. Tudo extremamente saboroso e não poderia deixar de citar a massa de brioche que fizeram na hora em nossa frente. Virei fã e voltaria inúmeras vezes!

Quem estiver com viagem marcada a Courchevel ou pretende conhecer a cidade em breve, não deixem de anotar essas dicas, são realmente valiosas, rs.

O destino é realmente dos sonhos e tudo por lá é surpreendente. Vale cada detalhe, cada experiência.

Beijos da Alê.

G.Plus - Facebook -