19 março, 2017

SPFW N43 – Meu Top 5 dos últimos dias!

Olá, tudo bem com vocês?

Finalmente vou finalizar minhas cobertura da SPFW por aqui! Ufa!

Na quinta-feira, as marcas que marcaram presença nas passarelas da semana de moda foram: A La Garçonne, Cotton Project, Alexandrine, Juliana Jabour, Amir Slama e Tig. Vou contar tudo para vocês sobre as três últimas apresentações do dia!

Já na sexta-feira, as passarelas foram dominadas por: Ratier, A.Niemeyer, Sebrae Top 5, Reserva, Amapô e LAB. Como falei para vocês em minha última cobertura por aqui, na sexta-feira eu já estava exausta e optei por não ir a nenhum desfile. Mas, mesmo assim, acompanhei tudo com ajuda da nossa querida internet – e também das amigas fashionistas -, e mais a frente vocês descobrirão quais foram meus dois preferidos do último dia.

Começando pelo desfile da incrível Juliana Jabour: A estilista continuou apostando no estilo esporte, e dessa vez se inspirou em esportes radicais, tendo como referência principal o motocross (ousada, né?), uma prática que dificilmente é associada ao universo feminino. Nas passarelas, muitas estampas que remetiam ao grafismo! O contraste ficou por conta de tendências bastante femininas, como babados, rendas, transparência e estampas de estrela. Meus looks favoritos abaixo:

Sobreposição incrível!

O tradicional P&B fazia combinação com cores vibrantes e contrastantes, como o laranja e azul. E não poderia deixar de dizer que as pochetes deram o que falar!

Listras também foram destaques da coleção!

Golas, presentes na maioria das produções.

Continuando na aposta de cores vibrantes, mas mudando completamente o estilo, o desfile de Amir Slama, especialista em moda praia, foi polêmico e super feminista. A grife buscou inspiração nos anos 80 e complementou com muito brilho (teve paetê e metalizado no beachwear, sim!), recortes, e outras ousadias…Olha só meus prediletos:

Bodies e logomania!

In love por essa produção!

Frases feministas no corpo das modelos!

A Tig, novo nome da marca Tigress, é uma grife que atende as amantes de peças maxi e de looks de street style super fashionistas, nas passarelas, não fez por menos. Entre as apostas da marca, que era estreante na SPFW, e teve inspiração no surrealismo e uma pegada “anos 80”, esteve presente muito brilho, sobreposições, tecidos laminados, volume (com muito babado), transparência e aplicações. Não posso deixar de comentar sobre a cartela de cores escolhida, que foi do all black passando pelo roxo, indo para o lilás e chegando no rosa quartz (rosa tá com tudo na nova estação, hein?), eu amei! E claro que a estilista Renata Figueiredo foi aplaudida de pé. Foi difícil escolher, mas aqui estão os meus preferidos:

Botas over the knee, coturnos e scarpins estilo mule foram os destaques dos pés das modelos!

Na sexta-feira, escolhi duas apresentações para comentar – e complementar meu top five dos últimos dias – seguindo pelo critério de que mesmo sem estar presente, os vídeos, fotos e snaps de amigos já me transmitiram muita diversão e fez meu coração bater mais forte e meus olhos brilharem com as inovações, temas e referências..confesso que me deu vontade de estar por lá!

Primeiro quero falar da Amapô. A marca que tornou-se referência com sua famosa calça jeans flare que tem uma modelagem perfeita, e claro que nessa nova coleção não poderia deixar o jeans de lado. E surpreendeu ao apresentar um dos tecidos mais usados no mundo – que sempre trouxe um ar mais casual ao look – em uma versão completamente repaginada.

A grife escolheu o tema “Circo” como inspiração para o desfile e parece que divertiu todos os convidados com um clima totalmente lúdico, divertido, agradável, e um tanto quanto sarcástico, pois “brincava” com a ideia de “palhaço” que nós brasileiros vivemos todos os dias com nossos amados – sqn! – políticos. E achei incrível o fato da música ao vivo nas passarelas (com piano e tudo!). Confiram meus destaques:

Tudo era muito maxi!


Olha isso, gente!

E observem, a famosa calça flare cintura alta ganhou nova modelagem e seguiu a tendência da cropped pants, com barras que vão só até a altura da canela.

Parece que as crianças também deram um show a parte e encantaram os convidados! Fofura, né?

Bom, minha última escolha foi o desfile da Reserva. A marca carioca fez questão de não passar batida pelas passarelas paulistanas ao inovar no conceito de desfile. Os modelos ficaram parados em cima de plataformas individuais e posaram para fotos apresentando a nova coleção outono/inverno que foi completamente fiel ao “see now, buy now” expondo as peças no e commerce em tempo simultâneo, já disponíveis para compra. Também percebi que o clima por lá estava super descontraído e divertido, e fiquei sabendo que teve banda ao vivo e muita cerveja! Adorei!

Além da fidelidade ao conceito “see now, buy now”, achei que a marca também se manteve fiel ao seu estilo, com todas as referências que seu – também fiel – público já esta acostumado. Ou seja, muita presença de sarja, linho e tons neutros, que apareceram em produções com muitas parkas, alfaiataria, pólo e camisaria. Achei mesmo que os maiores destaques ficaram por conta das sobreposições, e das estampas, que foi de Pica-a-pau (sim, o do desenho) remetendo ao símbolo da marca, à camuflagem com um quê bastante original, até as estampas florais no mundo masculino! Meus prediletos:

Olha o famoso pica-pau dos anos 40 como logo da marca na clássica camiseta pólo

E aí, meus amores, o que vocês acharam dos desfiles desses últimos dias e das minhas escolhas?

Espero que estejam curtindo esse novo modelo de posts que resolvi fazer para vocês, cobrindo os desfiles que assisti e contando toda a minha rotina do Fashion Week. Deixem sugestões do que gostariam de ver por aqui.

Bom domingo para vocês e ótimo começo de semana <3

Beijos da Alê.

 

G.Plus - Facebook -
Comentários desativados em SPFW N43 – Meu Top 5 dos últimos dias!

• Você também pode gostar destas matérias •

• Faça um Comentario no Facebook deste assunto •

Os comentários estão fechados.