27 junho, 2018

Meu tratamento com Laser CO2

Amores,

Muitas de vocês que me seguem no instagram acompanharam o tratamento de pele que realizei na semana passada. Desde então surgiram algumas perguntinhas a respeito, por isso resolvi fazer um post aqui no blog com o objetivo de responder as principais questões de vocês.

O tratamento que eu fiz é o Laser CO2. É indicado para tratar desde flacidez e rugas até olheiras, manchas e cicatriz. No meu caso eu escolhi fazer esse procedimento pela questão do rejuvenescimento facial afim de eliminar algumas marcas de expressão e também manchas, já que eu sou baiana e praticamente nasci exposta ao sol e calor da Bahia, rs e também porque quando engravidei desenvolvi alguns melasmas durante a gestação.

O tratamento não é invasivo mas exige uma série de cuidados e tende a deixar a pele bem sensível. É feito a partir de um laser onde as ondas são compostas de CO2 (dióxido de carbono) e tem a capacidade de atingir as camadas mais profundas da pele de forma que estimule a produção de colágeno.

Tirei essa foto durante o procedimento e é possível ver a vermelhidão na pele.

Muita gente gosta de saber se o tratamento é dolorido…na realidade é recomendado que chegue no consultório de 30 a 40 minutos antes de sessão para que seja aplicado uma máscara anestésica, assim é difícil sentir alguma dor no momento do laser.

Depois da anestesia, a aplicação dura em média meia hora. Meu querido dermato indica o tratamento com CO2 uma vez por ano e se houver acompanhamento e continuidade com certeza os resultados tornam-se mais eficazes. A partir da primeira sessão e instantâneamente já da para notar as mudanças na feição.

Após o procedimento é imprescindível cuidar da pele com muito amor, rs. Assim que termina a aplicação a pele fica bem vermelha, marcada e bastante sensibilizada, todos esses aspectos vão melhorando no decorrer de três a quatro dias. No meu caso, senti que minha pele ficou extremamente seca, faz quase uma semana que realizei o tratamento e ainda estou com o rosto inchado, mas é completamente normal. O mais importante é aplicar protetor solar e hidratante neutro todos os dias no pós-procedimento, aos poucos a pele vai recuperando e fica perceptível a melhora na textura, elasticidade e brilho.

Sei de algumas pessoas que ficaram com o rosto bastante vermelho e inchado no pós. No meu caso foi mas tranquilo, mas vale conversar com seu dermatologista e entender todas as etapas do procedimento, os cuidados necessários e se você realmente pode e precisa ou não fazer. Também existem diversos outros tratamentos incríveis no mundo estético.

Para quem quer indicação de um bom médico para esse tipo de procedimento em São Paulo, indico de olhos fechados o Doutor Guilherme Almeida que foi quem me indicou e aplicou o tratamento.

Qualquer dúvida, podem deixar aqui nos comentários ou no instagram que responde todas vocês!

Beijos da Alê.

G.Plus - Facebook -

• Você também pode gostar destas matérias •

• Faça um Comentario no Facebook deste assunto •

• Comentário no blog deste assunto é aqui •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *